Negociação nuclear com Irã termina sem sucesso na Turquia

Diplomatas se disseram 'desapontados' com resultado das conversas; Ashton criticou Irã por tentar impor pré-condições a um acordo

BBC Brasil |


selo

O chefe da diplomacia iraniana, Said Jalili, e das potências, Catherine Ashton, terminaram neste sábado sem progresso as negociações entre o Irã e seis potências mundiais sobre o programa nuclear iraniano, em Istambul, na Turquia. Diplomatas se disseram "desapontados" com o resultado e a chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, que encabeçou a equipe internacional, criticou o Irã por tentar impor pré-condições para um acordo.

AFP
Negociações realizadas na Turquia sobre programa nuclear do Irã duraram dois dias, mas terminaram sem acordo

O negociador iraniano da questão nuclear, Saeed Jalili, ainda não se pronunciou sobre o resultado das reuniões deste sábado. Não há data para um novo encontro, mas Ashton afirmou que "as portas permanecerão abertas". Negociadores dos cinco países do Conselho de Segurança da ONU (EUA, China, Rússia, França e Grã-Bretanha) e a Alemanha queriam um acordo pelo qual o Irã se desfaça de seu urânio com baixo grau de enriquecimento.

Estima-se que o país tem 3 de toneladas desse material - que, com mais enriquecimento, poderia ser usado na fabricação de armas nucleares. O Irã diz que seu programa nuclear é pacífico e tem fins civis. Antes do seu programa nuclear, o país quer discutir segurança regional no Oriente Médio e desarmamento.

A ONU já impôs quatro rodadas de sanções ao Irã, acusando o país de falta de transparência em relação ao seu programa nuclear. Na sexta-feira, um porta-voz do Departamento de Estado americano afirmou não esperar grandes avanços nestas negociações, mas sim o início de um "processo construtivo, que leve o Irã a se engajar com a comunidade internacional".

    Leia tudo sobre: internacionalirãacordo nuclear

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG