Político mais poderoso do país deixa vácuo no governo da Argentina e incertezas sobre futuro eleitoral

selo

A morte do ex-presidente da Argentina Néstor Kirchner surpreendeu muitas pessoas no país nesta quarta-feira. Simpatizantes do ex-presidente disseram lamentar a perda, enquanto que alguns que se opunham a ele disseram simplesmente sentir muito pela família.

Os canais de TV mostraram homenagens a Kirchner na Casa Rosada, sede da Presidência do país, onde foram colocados cartazes de apoio à viúva e atual presidente, Cristina Kirchner.

A morte virou o principal assunto das redes de televisão argentinas.

No Brasil, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva decretou luto oficial de três dias devido à morte do ex-presidente.

Assista ao vídeo:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.