Montanhistas encontram corpo de americano desparecido em 1989

Geólogo americano morreu quando placa de gelo se quebrou e ele caiu de uma altura de cerca de 300 metros

BBC Brasil |

selo

O corpo de um montanhista americano que havia morrido após uma queda nas Montanhas Rochosas canadenses havia mais de duas décadas foi encontrado.

Alpinistas encontraram o corpo ao avistar uma mancha amarela sob o gelo glacial no Parque Nacional Jasper, em Alberta, enquanto subiam a montanha.

O corpo foi identificado na semana passada como sendo do geólogo americano William Holland, de 38 anos. Ele havia chegado ao cume da montanha de 3,5 mil metros em abril de 1989, quando uma placa de gelo se quebrou e ele caiu de uma altura de cerca de 300 metros.

Avalanche

Holland foi pronunciado morto dois dias depois, mas seu corpo nunca foi encontrado, após o local ter sido coberto por uma avalanche de neve. O corpo foi preservado por todo esse tempo congelado sob o gelo glacial, com sua jaqueta amarela, mochila vermelha e botas roxas.

Ele foi encontrado a cerca de um quilômetro do local da queda, já que ele foi levado juntamente com o movimento da geleira. Ao menos outros dois montanhistas desaparecidos na mesma região desde os anos 1970 nunca foram encontrados.

    Leia tudo sobre: geólogomontanhas rochosascanadáalpinismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG