Shenouda 3º morreu no sábado, em Alexandria, aos 88 anos. Desde 1971, ele era líder da minoria cristã egípcia

selo

Milhares foram até a Catedral de São Marcos, no Cairo, para o funeral do papa da Igreja Copta do Egito, Shenouda 3º. Shenouda morreu no sábado em Alexandria, aos 88 anos. Desde 1971 ele era o líder da comunidade copta egípcia, a minoria cristã mais numerosa do mundo árabe.

Morte: Cristãos coptas prestam última homenagem a papa Shenouda 3º no Egito

Cerca de 10% da população do país é copta. Líderes religiosos de vários países, ministros do governo egípcio e diplomatas estrangeiros também compareceram à cerimônia, recebidos por uma guarda de honra e pelos sinos da catedral. O funeral foi cercado de muita segurança e uma multidão acompanhou o cortejo.

Shenouda 3º era visto com um protetor pelos cristãos coptas do Egito. A comunidade vive um momento de tensão com setores da maioria muçulmana. Vários ataques contra igrejas coptas foram registrados no país após a queda do regime de Hosni Mubarak .

Assista ao vídeo:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.