'Meu medo era de o prédio inteiro cair', diz brasileira no Japão

Joyce Davini Nishiyama estava almoçando quando terremoto atingiu Tóquio, onde mora há 11 anos

BBC Brasil |

selo

Joyce Davini Nishiyama
Imagem feita pela brasileira pelo celular
A brasileira Joyce Davini Nishiyama, 31 anos, estava no 12º andar de um prédio na região central de Tóquio quando aconteceu o primeiro terremoto , por volta das 14h46 locais (02h46 em Brasília).

"Estava almoçando sozinha e começou a tremer tudo. Achei que ia parar, mas como continuou, saí correndo", contou à BBC Brasil. "Quando abri a porta do escritório, um armário caiu na minha frente. Fiquei paralisada, olhando tudo cair a minha volta."

O medo de Joyce era de que o edifício ruísse. "Fiquei com muito medo mesmo do prédio todo cair", fala. Há 11 anos no Japão, Joyce diz que pegou as coisas e desceu pelas escadas. "As paredes estavam rachadas em vários andares", lembra.

Assustada, ela voltou à pé para casa, já que o transporte público parou na capital japonesa. "Demorei duas horas e meia para chegar em casa", conta ela, que foi registrando com seu celular as cenas de destruição pelas ruas.

"Na hora do terremoto não consegui fazer e nem pensar em nada, só fiquei rezando e pedindo para parar", diz Joyce, que pensou seriamente em voltar à terra natal. "Nessas horas, a primeira coisa que passa pela nossa cabeça é voltar para o Brasil."

    Leia tudo sobre: japãotsunamiterremototremor

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG