Mergulhador americano procurará corpo de Bin Laden

Bill Warren diz que pretende colocar um fim nas especulações sobre a morte do terrorista e que conta com ajuda de fontes de informações secretas

BBC Brasil | 15/06/2011 06:02 - Atualizada às 10:22

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

selo

Um mergulhador americano vai iniciar a busca pelo corpo do líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden, que os Estados Unidos alegam ter atirado ao mar depois de sua morte, no início de maio.

Bill Warren afirmou, juntamente com uma equipe especializada em buscas, que pretende acabar com as especulações a respeito da morte de Bin Laden. "A principal razão é estabelecer se Bin Laden está morto ou não, e mostrar fotos e vídeos, algo que o governo americano não fez para o mundo e para os cidadãos americanos", disse o mergulhador à BBC.

O líder da Al-Qaeda foi morto durante operação realizada por tropa de elite das Forças Armadas americanas na residência em que estava morando em Abbottabad, no Paquistão. O corpo dele nunca foi exibido pelo governo americano, o que levantou uma série de especulações.

"Tenho algumas dúvidas. Por que razão meu governo se negou a mostrar a foto do corpo? Pode ser que existam muitas provas, mas a maioria das pessoas com quem tenho conversado, de Londres a Moscou, não acredita que ele esteja morto", afirmou o mergulhador.

A busca

Warren afirma que tem fontes de informações secretas que podem ajudar na operação. "Tenho muitos amigos que são soldados da Marinha e nos encontramos nos bares de San Diego, onde vivo. E alguns deles estão tentando conseguir informações mais precisas da área onde o corpo foi jogado", afirmou o mergulhador.

E ele também conta como pretende fazer a operação no Mar da Arábia. "Primeiro, começaremos em águas menos profundas, na costa do Paquistão, e vamos percorrer uma área, trecho a trecho", explicou Warren. Caso o corpo tenha sido levado para águas mais profundas pelas correntes locais, Warren afirmou que já tem um plano alternativo.

"Iremos até as águas do oeste da Índia, a um barco que está posicionado ali, e a partir daquele local começaremos a busca em águas profundas, primeiro a 152 metros e poderemos chegar até os 2.740 metros." Um problema adicional é identificar um saco com um corpo em meio ao lixo que deve haver no fundo do mar.

Mas Warren, que é especialista em buscar tesouros escondidos no mar, lembra que já encontrou todo tipo de objeto a 3 mil metros de profundidade e, por isso, acha que pode achar o corpo de Bin Laden. "É possível. Já encontrei privadas, pneus... e o cadáver está em um saco, não está flutuando, está em um saco da Marinha dos Estados Unidos."

Plano

Bill Warren também já pensou no que fazer se encontrar o corpo de Bin Laden. "Enviaremos um robô com controle remoto, que usamos nos últimos 30 anos, traremos o corpo para o barco, tiraremos uma foto, faremos um vídeo e vamos retirar amostras de seu cabelo para comparar com alguns de seus familiares na Arábia Saudita", afirmou.

O mergulhador também afirmou que, caso não encontrem o corpo, não significará que ele não foi lançado ao mar, como alegam os militares americanos. Mas, um prêmio de consolação seria encontrar algum tesouro, já que poucos mergulhadores exploraram o Mar da Arábia com esse objetivo.

"Deve haver muitos tesouros escondidos, como porcelana chinesa, nessa região, assim, pelo menos, poderemos cobrir nossos custos", disse o mergulhador em tom de brincadeira. Warren conta que não houve nenhuma oposição por parte do governo dos Estados Unidos, mas acrescenta que ninguém do governo americano entrou em contato com ele e ainda espera uma chamada.

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG


Previsão do Tempo

CLIMATEMPO

Previsão Completa

  • Hoje
  • Amanhã

Trânsito Agora

INDICADORES ECONÔMICOS

Câmbio

moeda compra venda var. %

Bolsa de Valores

indice data ultimo var. %
  • Fonte: Thomson Reuters
Ver de novo