Menino-bomba 'de 12 anos' mata quatro no Afeganistão

Taleban anunciar uma nova ofensiva no país contra tropas estrangeiras, forças de segurança afegãs e integrantes do governo

BBC Brasil |

selo

Um menino-bomba que teria apenas 12 anos de idade matou quatro pessoas no Leste do Afeganistão, em um de vários ataques realizados neste domingo, um dia após o taleban anunciar uma nova ofensiva no país.

Cerca de doze pessoas ficaram feridas depois que o menino detonou seus explosivos em um mercado local lotado na província de Paktika, matando um três homens e uma mulher, de acordo com informações do governo local.

Na cidade de Ghazni, um atirador abriu fogo contra a polícia em um posto de checagem, matando dois policiais e dois civis.

Uma bicicleta-bomba perto da delegacia de polícia da cidade deixou 13 civis feridos.

Taleban

No sábado, o taleban declarou que está iniciando uma nova campanha de ataques contra tropas estrangeiras, as forças de segurança afegãs e integrantes do governo.

Organizações internacionais, incluindo a ONU, pediram que seus funcionários evitem sair a não ser que isso seja absolutamente necessário.

Em Kandahar, no sul do país, e em outras cidades, milhares de soldados e policiais extras foram convocados.

Uma retirada gradual de tropas estrangeiras está maracada para começar em julho deste ano, como parte da transferência de controle para as forças de segurança afegãs.

    Leia tudo sobre: Afeganistãoatentadotaleban

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG