Médicos se surpreendem com órgãos invertidos em indiano de 64 anos

Médicos de um hospital em Mumbai, na Índia, descobriram um paciente de 64 anos que tem a maioria dos órgãos do tórax e do abdômen em posição invertida ou em lugares incomuns, como por exemplo o coração do lado direito. Segundos os especialistas, Ashok Shivnani pode ser a única pessoa viva com tal disposição de órgãos.

BBC Brasil |

O paciente estava prestes a passar por uma cirurgia para remover um rim por causa de um tumor de sete centímetros quando os médicos estranharam seu exame de raio-x.

"Quando eu vi os resultados dos exames pela primeira vez, pensei que estivesse segurando-os da maneira errada", comentou o uro-oncologista Anoop Ramani ao jornal indiano Times.

Os médicos então resolveram pedir novos exames, incluindo um ecocardiograma bidimensional, para entender o que estava acontecendo.

O coração de Shivnani está invertido no peito. Assim, a artéria aorta e a veia cava inferior estão dos lados opostos de onde deveriam estar. Mas essa não é a única anomalia do paciente.

Shivnani tem duas veias cavas inferiores, e não apenas uma. Ao invés de um fígado grande, ele tem dois pequenos. Ele não tem intestino delgado e seu intestino grosso é menor do que o normal.

"Quando estamos operando, a gente precisa saber a exata localização de tudo o que vamos tocar. Mas, neste caso, não tínhamos muita certeza sobre quais veias estavam entrando aonde", disse o cardiologista Prakash Sanzgiri à publicação local.

A cirurgia no rim, que estava programada para o dia 29 de janeiro mas teve que ser adiada por causa da descoberta para o dia 4 de fevereiro, foi bem sucedida.

Situs inversus
O mais surpreendente do caso é que Shivnani já havia passado por duas operações de hérnia e sido examinado por problemas no pulmão sem que ninguém houvesse percebido seu quadro singular.

"Eu tenho um problema de pressão arterial e uma doença obstrutiva crônica de pulmão. Eu até já passei por duas operações de hérnia. Mas nunca em minha vida soube que meu corpo era tão diferente", disse Shivnani.

Seu caso se assemelha muito à condição congênita conhecida como situs inversus, em que todos os orgãos do tronco estão exatamente em posição inversa, como quando vistos em um espelho. Mas suas demais anomalias o tornam único, dizem os médicos.

Em geral, segundo os especialistas, as pessoas que sofrem de situs inversus levam uma vida comum. Esse também é o caso de Shivnani, que não precisará de cirurgia para trocar suas veias e órgãos de posição.

"Eu me sinto completamente bem. Já vivi tanto tempo sem problema algum, e não há razão para que eu não continue assim", disse Shivnani ao jornal local depois de passar pela cirurgia.

Segundo a publicação, o paciente teria tido alta na terça-feira.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG