Médico diz que mineiros estão em boas condições físicas e psicológicas

Primeiros mineiros a serem retirados serão os mais hábeis, porque podem resolver eventuais problemas com a cápsula

BBC Brasil |

selo

O estado físico e psicológico dos 33 homens presos desde 5 de agosto na mina chilena de San José é bom, segundo um dos médicos que vem monitorando o caso no local.

"Eu os vejo preparados, esperam este momento muito mais do que nós, mas estão bem e em condições muito boas, físicas, médicas e psicológicas", disse Andrés Llarena.

"Mesmo aqueles que já apresentavam enfermidades antes do acidente, estão em condições muito estáveis. Eles têm muita vontade, mas estão tranquilos e temos confiança de que tudo correrá bem."

Llarena disse que as operações de resgate, estimadas para terem início na quarta-feira, vão ser monitoradas segundo a segundo.

'Passeio no parque'

Os primeiros mineiros a serem retirados serão os mais hábeis e em forma, que podem ser capazes de resolver eventuais problemas com a cápsula em suas primeiras viagens.

Em seguida, serão retirados os mineiros mais fracos para só então concluir o resgate com os mineiros mais fortes. Um enfermeiro baixará ao interior da mina para avaliar o estado dos mineiros e ajudá-los a entrar na cápsula de resgate. A retirada de cada um dos mineiros deve levar mais de uma hora.

Ao sair, cada um receberá óculos escuros especiais para proteger os olhos da claridade após mais de dois meses na semi-escuridão. Eles passarão então por uma avaliação médica, feita a princípio por Llarena, antes de serem transportados, de helicóptero, para um hospital de Copiapó, a cidade mais próxima.

Os mineiros devem receber uma alimentação especial para a subida, seguindo os conselhos de especialistas da Nasa, a agência espacial americana, que supervisionam o resgate. Espera-se que todos os homens estejam a superfície até a sexta-feira.

O médico disse esperar que "os 33 vão sair caminhando como se passeassem no parque, provavelmente pedindo um prato de comida quente".

"Devem pedir também que não os aborreçamos muito, do ponto de vista médico", disse ele. Revestimento Engenheiros começaram neste domingo a revestir a parte superior do poço para o resgate. Segundo o ministro da Mineração do Chile, Laurence Golborne, o trabalho de revestimento com tubos metálicos, como medida de precaução para evitar o fechamento do poço, deve ser terminado na manhã da segunda-feira.

Após uma análise do poço de 622 metros de profundidade, com 66 centímetros de diâmetro, as autoridades determinaram o revestimento dos primeiros 96 metros. Serão usados 16 tubos de 6 metros de altura cada um, soldados entre si.

A definição da data da retirada dos mineiros levou calma e alegria aos familiares que estão acampados na entrada da mina desde o acidente.

    Leia tudo sobre: mineiroschile

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG