My Way de Sinatra após brigas e mortes - BBC - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Karaokês filipinos vetam My Way de Sinatra após brigas e mortes

Vário bares e casas noturnas nas Filipinas retiraram a canção My Way, imortalizada por Frank Sinatra, de suas máquinas de karaokê por causa de constantes episódios de violência provocados quando pessoas tentavam cantar a música. Acredita-se que pelo menos seis pessoas morreram no país em brigas em casas de karaokê, iniciadas por insultos ou chacotas contra a pessoa que cantava essa música, uma das mais populares em casas do gênero.

BBC Brasil |

Em entrevista ao programa de rádio World Update, do Serviço Mundial da BBC, um especialista em cultura popular da Universidade das Filipinas, Roland Tolentino, disse, que as brigas, em geral, envolvem homens adultos e embriagados, e que a letra da música também pode contribuir para situações de conflito.

"Ela fala no triunfo sobre a adversidade especialmente entre homens mais velhos e costuma ser a última canção da noite. No final, as pessoas já estão bêbadas, sentem-se corajosas, e podem entrar em uma grande briga por causa disso", disse ele.

Armas ilegais
O especialista filipino ressalta, contudo, que os bares de karaokê em que essas brigas ocorrem são geralmente frequentados por pessoas com menos recursos.

Nas Filipinas há mais de um milhão de armas ilegais nas ruas, de acordo com o jornal britânico, The Daily Telegraph.

Um filipino ouvido pelo jornal americano, The New York Times, Rodolfo Gregório, disse: "Eu gostava de My Way mas, depois da confusão criada, parei de cantar."
"Você pode morrer por causa disso", afirmou.

Os bares de karaokê são muito populares nas Filipinas, e onde as pessoas expressam suas paixões livremente mas, segundo o New York Times, não é só lá que cantores desafinados causam revolta.

O jornal diz que nos últimos dois anos um homem foi morto a facadas na Malásia por monopolizar o microfone em um bar e na Tailândia um homem matou oito de seus vizinhos em um ataque de fúria depois que eles cantaram Take Me Home, Country Roads, de John Denver.

Nos Estados Unidos, uma mulher deu um soco em um homem em um bar em Seattle e criticou a versão dele do sucesso do Coldplay Yellow.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG