Irã confirma que irá julgar americanos acusados de espionagem

A americana Sarah Shourd foi libertada em setembro, mas noivo e colega continuam detidos por autoridades iranianas

BBC Brasil |

selo

O ministro da Inteligência do Irã, Heydar Moslehi, confirmou nesta quarta-feira que os três americanos acusados de espionagem serão julgados no país. Horas antes, o advogado que representa as famílias disse que o julgamento deve acontecer no dia 6 de novembro.

Shane Bauer e Josh Fattal estão sendo mantidos em uma prisão em Teerã. A terceira acusada, Sarah Shourd, voltou aos Estados Unidos após ser libertada em setembro.

Os três foram presos em julho de 2009, após atravessarem a fronteira com o Iraque.

A secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, afirmou que a justiça do Irã não tem base para realizar um julgamento. Em uma coletiva de imprensa na última terça-feira, ela exigiu que os dois americanos presos fossem libertados com base nos Direitos Humanos.
“Eu lamento que eles e suas famílias estejam sendo submetidos a um sistema criminal que não reflete suas ações”, declarou Clinton. Ela disse também que a prisão do casal por mais de um ano é “infeliz”.

Espionagem

Em entrevista à BBC, o advogado Masoud Shafii, que representa as famílias dos americanos, confirmou que eles são acusados de espionagem e entrada ilegal no país.

Shafii disse que o julgamento será conduzido pelo juiz Abol Qasem Salavati, que condenou dezenas de ativistas políticos pelas manifestações após as eleições presidenciais de 2009 no Irã.

Correspondentes dizem que, por causa dos riscos, Sarah Shourd não deve retornar ao Irã para o julgamento.

Os três americanos sustentam dizem ter cruzado acidentalmente a fronteira entre o Irã e o Iraque enquanto faziam uma trilha nas montanhas do Curdistão. Shane Bauer é jornalista e fotógrafo. Ele vivia em Damasco, na Síria, com Sarah Shourd, 31 anos, professora e escritora. Josh Fattal, 27 anos, é ambientalista e professor nos Estados Unidos.

    Leia tudo sobre: irãturista americanasarah shourdeuaespionagem

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG