Inglaterra tomba apartamento de John Lennon em Londres

Foi no subsolo do prédio que a famosa foto de Lennon e Yoko nus, para a capa do LP Two Virgins, foi tirada

BBC Brasil |

selo

O apartamento em que o ex-beatle John Lennon morou com Yoko Ono, no número 34 da Montagu Place, em Londres, foi tombado como patrimônio da Inglaterra. A placa azul que agora identifica o prédio foi revelada pela própria Yoko Ono em uma cerimônia assistida por cerca de cem pessoas, entre elas, sósias dos Beatles, nesse sábado.  Yoko disse torcer estar satisfeita que 'pessoas de todo mundo' visitarão o local.

O presidente do Fã Clube Britânico dos Beatles, Peter Nash, presente à festa, afirmou que o endereço é um dos "três principais" em Londres para fãs dos Beatles, ao lado dos estúdios Abbey Road e do prédio que sediou a Apple, no número 3 de Saville Road. Ironicamente, foi em Montagu Place que a polícia realizou a operação que levou à condenação de Lennon por porte de maconha - que lhe custou uma fiança de 150 libras (em câmbio aproximado, equivalente hoje a cerca de R$ 8 mil).

Anos depois, a condenação também levou ao processo de deportação do ex-beatle dos Estados Unidos, em 1971. Lennon acabou conseguindo residência após quatro anos de batalhas judicial.

Passado

Foi ainda no apartamento do subsolo do prédio agora marcado com a placa azul do English Heritage que a famosa foto de Lennon e Yoko nus, para a capa do LP Two Virgins, foi tirada. Embora a placa cite apenas o nome de Lennon, o apartamento foi ocupado anteriormente por outros ex-beatles e pelo genial guitarrista Jimi Hendrix.

Na segunda metade da década de 60 ele pertenceu a Ringo Starr, que chegou a alugá-lo a Paul McCartney, entre outros artistas famosos. No pequeno estúdio do apartamento de Ringo teriam sido gravadas as primeiras fitas demo de canções clássicas dos Beatles como Eleanor Rigby e Tomorrow Never Knows.

Foi também no subsolo de 34 Montagu Place que Jimi Hendrix teria gravado as primeiras versões de The Wind Cries Mary, uma das canções mais bonitas do americano. Lennon se mudou para o apartamento na época em que os Beatles gravavam o disco The Beatles que ficou conhecido como Álbum Branco. Até mesmo o escritor americano William Burroughs teria gravado as suas fitas experimentais Hello, yes, hello no endereço tombado.

    Leia tudo sobre: john lennonyoko ono

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG