Jovem de 23 anos sofreu ferimentos na cabeça e nas costas após ser atirado por canhão contra rede de proteção que cedeu

selo

Um jovem britânico que atuava como homem-bala morreu durante sua apresentação no condado de Kent, no sul da Inglaterra.

O rapaz de 23 anos, que se apresentava para dezenas de espectadores, foi atirado por um canhão contra uma rede de proteção, mas a rede cedeu. Ele sofreu múltiplos ferimentos graves na cabeça e nas costas e foi declarado morto no hospital.

Segundo o inspetor de polícia Tony Ball, ainda não se sabe por que a rede de proteção falhou. Uma investigação foi iniciada.

A companhia Scott May's Daredevil Stunt Show, responsável pelo espetáculo, cancelou todas as apresentações.

Assista ao vídeo: 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.