Homem recebe US$ 13 mil após ser mordido por crocodilo

Um empresário mordido por um crocodilo em um campo de golfe na Malásia aceitou uma indenização de US$ 13 mil (cerca de R$ 23 mil) do resort onde ocorreu o incidente, horas antes de o caso ser julgado, na quarta-feira. O malaio Hong Kee Si-ong precisou levar 38 pontos depois de ser mordido duas vezes na perna esquerda, há seis anos.

BBC Brasil |

O crocodilo media entre seis e oito metros de comprimento.

Ele disse à imprensa malaia que foi diagnosticado com estresse pós-traumático.

Ao abrir ação contra o resort, Hong alegou que a administração foi negligente ao não verificar a presença de crocodilos no campo de golfe, segundo informações do site do jornal malaio The Star, publicado em língua inglesa.

Segundo o site do jornal Malay Mail, Hong disse que estava passeando pelo campo de golfe quando tropeçou e caiu em uma poça de lama.

Ele então sentiu uma dor muito forte na perna e começou a gritar para seus amigos que estava morrendo.

Hong contou que quando viu o crocodilo, deu um soco forte na cabeça do animal, que soltou sua perna, mas mordeu-o novamente, em seguida.

Ele disse então que, no desespero para sobreviver, abriu a boca do animal com as mãos e retirou a perna.

Em sua declaração de defesa, o resort A'Famosa, que fica na cidade portuária de Malaca, afirmou ter espalhado cartazes advertindo para o risco de crocodilos no campo de golfe.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG