No dia 24 de abril, o carpinteiro britânico David Jones vai começar um período inesquecível de sua vida: ele quer passar 121 dias dividindo uma casa com 40 cobras, entre elas, algumas das mais venenosas do mundo. Para entrar nos livros de recordes e arrecadar fundos para um hospital britânico, Jones vai encarar a morte diariamente durante quase quatro meses.

"Se for picado, quase certamente vou parar no hospital. Vou ter que fazer tudo mais devagar. Não vou poder pular da cama de manhã para me espreguiçar", afirma Jones.

O carpinteiro admite que mesmo amantes de cobras provavelmente não aceitariam um desafio destes.

O atual recorde de tempo de moradia com cobras é do sul-africano Martin Smit, que passou 113 dias em companhia de perigosos ofídios.

O sul-africano escapou ileso da experiência, mas outro aventureiro acabou num hospital e por pouco não teve a perna amputada depois de ter sido picado duas vezes ao tentar bater o recorde de Smit em 2009.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.