Homem é processado por monitorar vida sexual da ex com microfone sob a cama

Americano diz ter instalado aparelho para saber se podia voltar para casa que dividia com a ex mesmo após a separação

BBC Brasil |

selo

Um homem está sendo processado na Pensilvânia depois de ter sido acusado pela ex-mulher de monitorar a vida sexual dela.

De acordo com o jornal Beaver County Times, a polícia afirma que Wayne Cripe escondeu um microfone sob a cama da ex-mulher, Suzanne Cripe. O casal estava separado, mas ainda dividia a mesma casa, apenas dormindo em quartos distintos.

Wayne teria dito à polícia estar cansado de ouvir a mulher fazendo amor, e que usaria o equipamento apenas para saber se "a área estava livre" ao voltar para a casa. De acordo com a agência de notícias AP, o homem teria dito que o equipamento não funcionava.

Leia também: Britânico é condenado por divulgar fotos explícitas da ex-namorada

Ainda segundo Beaver County Times, quando a polícia entrou em contato com o Wayne ele teria dito, antes de qualquer pergunta: "Acho que ela achou o microfone".

O receptor do microfone foi encontrado na caminhonete de Wayne, que está sendo processado por invasão de privacidade e interceptação de comunicação de terceiros sem permissão.

O homem deverá comparecer à corte local no dia 23 de março.

    Leia tudo sobre: euacasamentosexopensilvânia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG