Governo italiano envia Exército para recolher lixo em Nápoles

Cerca de 2 mil toneladas de sujeira estão sendo empilhadas há 3 meses; dejetos se acumulam por falta de incineradores e aterros

BBC Brasil |

selo

Soldados do Exército italiano chegaram nesta segunda-feira à cidade de Nápoles, no sul da Itália, para uma operação de limpeza da cidade, que vive uma nova crise no manejo do lixo. Cerca de 2 mil toneladas de dejetos estão sendo empilhadas nas ruas há cerca de 3 meses.

O lixo se acumula devido a falhas técnicas em incineradores e à falta de investimento em novos aterros sanitários. Acredita-se que a máfia, em operações de despejo ilegal de lixo tóxico, também tenha contaminado os aterros e contribuído para o problema.

O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, anunciou o envio de 170 soldados e 73 caminhões militares para solucionar o problema. É a segunda vez que o Exército italiano é enviado com a mesma missão na cidade. Em 2008, o premiê tomou a medida para conter uma crise similar, após prometer que resolveria a situação durante sua campanha para as eleições gerais.

Agora, semanas antes das eleições regionais, a volta dos soldados para resolver o mesmo problema gerou críticas de alguns napolitanos, que acusam o premiê de só ter tomado a atitude a fim de facilitar aos eleitores o acesso a centros de votação.

Assista ao vídeo: 

    Leia tudo sobre: itálialixoexércitonápolessilvio berlusconi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG