Golpista tenta vender hotel Ritz de Londres e recebe adiantamento

O britânico Anthony Lee foi condenado à prisão nesta sexta-feira pela Justiça do país por embolsar 1 milhão de libras na ação

BBC Brasil |

selo

O britânico Anthony Lee foi condenado à prisão nesta sexta-feira pela Justiça do país por um golpe no qual ele tentou vender o hotel Ritz de Londres por 250 milhões de libras - e, com a fraude, embolsou o adiantamento de 1 milhão de libras (equivalente a cerca de R$ 2,7 milhões).

O hotel é um dos mais famosos de Londres. A duração da pena será divulgada no próximo dia 27.

Lee, motorista de caminhão aposentado, convenceu sua vítima, o britânico Terence Collins, de quem era amigo próximo e associado dos irmãos David and Frederick Barclay, os bilionários donos do luxoso hotel londrino.

Ele afirmou que tinha um contrato para a compra do hotel e gostaria de revendê-lo. Para dar continuidade ao negócio, exigiu um adiantamento de 1 milhão de libras, parte de sua comissão de 2,5 milhão de libras.

Fraude

Os proprietários nunca souberam que o motorista estava tentando vender seu hotel.

Em busca do dinheiro para o depósito, Collins, um negociante de propriedades de luxo, pediu em 2006 um financiamento ao holandês Marcus Boekhoorn.

Na ocasião, o motorista afirmou que os irmãos Barclay tinham razões "sigilosas" para vender o hotel. Ele nunca devolveu o dinheiro do adiantamento e vinha tentando receber mais de Collins.

Na avaliação do policial responsável pela investigação, Garry Ridler, Lee era um "típico fraudador".

"Ele ganha confiança das pessoas com mentiras e, uma vez que as tem sob controle, tira dinheiro delas. Não satisfeito com um milhão de libras, ele queria mais", disse ele.

Durante as quatro semanas de julgamento, Lee insistiu em sua inocência. Mas não convenceu o júri. Agora, segundo o juiz responsável pelo caso, Stephen Robbins, receberá uma sentença "substancial."

Durante o processo, foram absolvidos os dois outros acusados de envolvimento no caso, o aposentado Patrick Dolan e o advogado Conn Farrell.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG