Furadeira para resgate de mineiros começa a ser montada

Expectativa é que perfuração comece entre domingo e segunda. Trinta e três homens estão presos há três semanas

BBC Brasil |

selo

A furadeira hidráulica especial que será usada para criar uma via de escape para os 33 mineiros presos há três semanas em uma mina no norte do Chile começou a ser montada neste sábado. "Terminamos de montar a plataforma para a máquina. Esperamos que entre domingo e segunda possamos começar a perfurar", afirmou o engenheiro André Sougarret, que coordena o trabalho de resgate.

O equipamento perfurará um túnel vertical de 60 a 70 centímetros de diâmetro para permitir que uma cápsula seja baixada até o local onde estão os mineiros, a cerca de 700 metros da superfície.

Mas mesmo com a perfuração continua, o trabalho de resgate deve levar vários meses. A estimativa é de que os mineiros possam ser resgatados até o Natal.

Depressão

Na sexta-feira, o ministro da Saúde do Chilel Jaime Mañalich, afirmou que 5 dos 33 mineiros aparentam sinais de depressão . Eles não estariam se alimentando bem e se recusaram a aparecer no vídeo de 45 minutos no qual os mineiros foram filmados com mensagens às suas famílias, na noite de quinta-feira.

Segundo Mañalich, psicólogos tentarão tratar os mineiros com depressão a partir da superfície por meio da comunicação por um sistema de interfone.

Os mineiros estão presos desde o dia 5 de agosto, quando o principal acesso ao túnel da mina ruiu. Eles conseguiram se abrigar em um refúgio, com acesso limitado a água e comida, a quase 700 metros de profundidade.

Bilhete

A sobrevivência dos 33 mineiros só foi descoberta mais de duas semanas após o acidente, quando uma sonda chegou ao local onde eles estavam e voltou com um bilhete dos trabalhadores. Os mineiros estão recebendo alimentos, oxigênio e medicamentos por canos.

Segundo o correspondente da BBC James Reynolds, que está na entrada da mina San José, os parentes dos mineiros foram convocados a escrever mensagens aos seus familiares presos com a maior frequência possível, numa tentativa de manter seus ânimos em alta até o resgate.

Os mineiros também foram orientados a seguir um programa especial de exercícios e recreação nesse período para mantê-los fisicamente e mentalmente preparados para a longa espera. Eles também receberam instruções para usar luzes para diferenciar o dia e a noite.

Na próxima semana, médicos da Nasa, a agência espacial americana, especialistas em manter astronautas com boa saúde durante longas missões em espaços confinados, devem chegar ao Chile para ajudar os médicos que acompanham os mineiros.

>

    Leia tudo sobre: chileminamineirosresgate

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG