Fundador do WikiLeaks divide opiniões nos EUA

Para maioria dos leitores da Time, Assange é a "Personalidade do Ano", enquanto pesquisa indica que americanos querem sua punição

BBC Brasil |

selo

O fundador do site WikiLeaks, Julian Assange, tem provocado reações diversas na opinião pública americana. O governo americano já acusou o australiano de ser irresponsável e colocar vidas em risco com a divulgação de cerca de 250 mil mensagens secretas enviadas por diplomatas dos Estados Unidos, iniciada no fim de novembro.

No entanto, nem todos compartilham dessa opinião. Muitos consideram Assange uma espécie de herói, disposto a correr riscos para expor a verdade. Agora, em uma enquete feita pela revista Time com seus leitores, Assange aparece como o mais votado para o título de "Personalidade do Ano", concedido anualmente pela revista.

Mas segundo uma pesquisa encomendada pela rede de TV ABC News e pelo jornal The Washington Post, mais de dois terços dos americanos afirmam que o WikiLeaks prejudicou o interesse público ao divulgar documentos secretos do governo.

De acordo com a pesquisa, seis em cada dez americanos acham que Assange deveria enfrentar acusações criminais por ter publicado os documentos.

    Leia tudo sobre: euawikileaksjulian assangedocumentos diplomáticos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG