Jovens britânicos destruíram carro de polícia e passaram em frente à residência do primeiro-ministro David Cameron

selo

Milhares de estudantes voltaram para as ruas de Londres nesta quarta-feira para novos protestos contra aumentos na educação universitária.

Estudantes atacam van de polícia durante protesto contra aumento de taxas de universidade em Westminster, centro de Londres
AP
Estudantes atacam van de polícia durante protesto contra aumento de taxas de universidade em Westminster, centro de Londres
Manifestações acontecem também em várias outras cidades do país como Cambridge e Oxford. O governo pretende cortar em até 40% a verba para a educação superior e eliminar bolsas para professores, exceto as de ciência e matemática.

Para os alunos, os custos de educação universitaria duplicariam ou mesmo triplicariam em alguns casos.

Uma viatura da polícia foi destruída pelos estudantes. Os estudantes passaram em frente à residência do primeiro-ministro David Cameron, mas foram impedidos pela polícia de marchar até o Parlamento.

Há duas semanas, outro protesto no centro de Londres reuniu 50 mil estudantes e culminou com a invasão da sede do partido governista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.