Fogo devastou parte do parque natural Calblanque e levou mais de 2 mil pessoas a deixar suas casas

selo

Um incêndio florestal devastou parte do parque natural Calblanque, na costa leste da Espanha.

Chamas alimentadas por fortes ventos e calor forçaram mais de 2 mil pessoas a abandonar suas casas desde quinta-feira na região de Múrcia.

Dezenas de bombeiros da região tentam controlar o incêndio que, em sua frente mais larga, chegou a ter 8 km de extensão.

Um ginásio local virou abrigo improvisado para centenas de moradores da cidade de Portmán.

Apesar da destruição, segundo dados oficiais, o número de focos nesta década até o momento está 50% abaixo da década anterior. 

Assista ao vídeo:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.