"Dora, a aventureira" entra em campanha

A personagem do desenho animado foi adotada como símbolo contra a polêmica nova lei de imigração do Estado americano do Arizona

BBC Brasil |

selo

A personagem de desenho animado "Dora, a aventureira" foi adotada como símbolo da campanha contra a polêmica nova lei de imigração do Estado americano do Arizona. No Brasil, a personagem ensina as crianças palavras e frases em inglês, mas nos Estados Unidos, Dora ensinou frases básicas em espanhol a milhões de crianças americanas em seu programa de TV no canal infantil Nickelodeon.

Agora, uma imagem retocada da personagem foi espalhada pela internet mostrando Dora com um olho roxo e a boca sangrando, em uma foto da polícia. Seus supostos crimes são imigração ilegal e resistência à prisão. Vários sites, inclusive o influente Huffington Post, publicaram histórias satíricas descrevendo a captura de Dora pelas autoridades de imigração. Uma foto que circula no site de relacionamentos Facebook mostra a menina pulando a cerca na fronteira entre o México e os Estados Unidos. Outra mostra um anúncio falso para o programa de TV "Dora, a imigrante ilegal".

Enquanto isso, alguns sites que fazem campanha contra a imigração questionam se a personagem é parte de uma conspiração para convencer os americanos a receber bem os imigrantes latino-americanos.

Império global

Há quase uma década, a menina de pele morena e olhos amendoados tem sido um dos personagens hispânicos mais conhecidos na televisão infantil dos Estados Unidos. Seu programa de TV - transmitido no Brasil pela TV Cultura e pelos canais por assinatura Nickelodeon e Nick Jr - cresceu e se transformou em um império global, com a heroína ilustrando uma série de produtos, desde merendeiras e mochilas até jogos de computador.

Mas com a polêmica sobre a lei de imigração do Arizona se intensificando, Dora foi trazida para o debate político. A maioria dos sites que adotou sua imagem parte do princípio de que ela é uma imigrante mexicana. Dora tem os cabelos e os olhos castanhos e, na versão americana, fala espanhol com sotaque inglês. Ela mora em um país tropical com pirâmides e está sempre acompanhada do macaco Botas e da iguana Isa.

O canal Nickelodeon, criador do programa, se recusa a comentar sobre a origem de Dora, e seu local de nascimento ou nacionalidade nunca foram esclarecidos. A foto mostrando Dora na ficha policial foi criada originalmente no ano passado por Debbie Groben, de Sarasota, Flórida, para um concurso do site de notícias falsas FreakingNews.com.

No mês passado, o Estado do Arizona aprovou uma lei permitindo que a polícia, no cumprimento de outras leis, interrogasse qualquer um sobre seu status imigratório se suspeitasse que a pessoa fosse um imigrante ilegal. Críticos realizaram protestos contra a medida, afirmando que ela encoraja racismo contra os hispânicos, que compõem três quartos dos 12 milhões de imigrantes ilegais que, estima-se, vivem nos Estados Unidos.

    Leia tudo sobre: imigraçãodoraeua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG