Crianças sobrevivem a enchente passando 4 dias em cima de árvore

Enchentes causadas pela passagem do furacão Alex mataram pelo menos 30 pessoas nas últimas duas semanas no México

BBC Brasil |

selo

Duas meninas mexicanas de nove e dez anos sobreviveram à enchente que atingiu o norte do México ao permanecer quase quatro dias em cima de uma árvore..

Lizbeth Dalin e sua irmã mais nova, Lesli Dalimel Gaona Trevino, que foram encontradas no estado de Tamaulipas, no nordeste do país, disseram a equipes de resgate que passaram todo o período em que se refugiaram em cima da árvore sem água e comida.

Um grupo de pescadores que montou acampamento na margem de um rio avistou as duas meninas e alertou as autoridades.

Elas foram levadas ao hospital para serem tratar por desidratação e pelas inúmeras picada de mosquitos.Médicos disseram que as meninas ainda estão traumatizadas, mas que sua condição de saúde é estável.

Reuters
Enchentes no México mataram mais de 30 pessoas nas últimas duas semanas

Carro arrastado

Elas contaram às equipes de resgate que viram os pais pela última vez na segunda-feira passada. Seu pai teria tentado atravessar uma ponte sobre o Rio Pilon com o carro, mas o veículo acabou sendo arrastado para dentro do rio transbordante.

O carro teria desaparecido com os pais e dois irmãos a bordo. A polícia em Tamaulipas confirmou que os pais das meninas estão mortos, mas tem esperanças de encontrar uma irmã com vida.

"Nós ainda não encontramos a irmã delas, de 15 anos. Vamos recomeçar as buscas em breve", disse Marisela Cantu, uma porta-voz da polícia. "Esperamos encontrá-la também viva e bem."

As enchentes foram provocadas pela passagem do furacão Alex, que provocou imensos estragos no Estado de Tamaulipas e na região norte perto da fronteira com os Estados Unidos.

Chuvas torrenciais e grandes inundações mataram pelo menos 30 pessoas nas últimas duas semanas, de acordo com informações da imprensa local. Milhares de pessoas ficaram desabrigadas.

O furacão Alex foi o primeiro ciclone tropical da temporada de furacões do Atlântico, que vai do dia 1º de junho a 30 de novembro. Meteorologistas preveem uma temporada bastante ativa neste ano.

    Leia tudo sobre: MéxicoenchentesAlexfuracão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG