Corpo de líder morto da Coreia do Norte será exibido permanentemente

Kim Jong-il ficará exposto no Palácio Kumsusan ao lado do corpo de seu pai, Kim Il-sung, na capital Pyongyang

BBC Brasil |

selo

A Coreia do Norte anunciou que o corpo do ex-líder do país Kim Jong-il será exibido permanentemente em um palácio da capital, Pyongyang. Seu corpo será exposto ao lado do de seu pai, Kim il-sung, no Palácio Kumsusan.

Reuters
Imagens do corpo do líder no Palácio Memorial de Kumsusan foram exibidas pela imprensa estatal (20/12)
Há planos também da construção de um memorial em forma de torres para Kim Jong-il, segundo a imprensa estatal norte-coreana. Seu aniversário, dia 16 de fevereiro, será conhecido no país como o "Dia da Estrela Brilhante".

Sucessão: Coreia do Norte tenta construir imagem de um novo líder

Tudo na mesma: Coreia do Norte descarta mudanças políticas com novo líder

Kim Jong-il morreu de ataque cardíaco em 17 de dezembro , aos 69 anos de idade, segundo a versão oficial. Seu corpo foi exibido no palácio antes do funeral , dia 28 de dezembro. A decisão de preservar o corpo do ex-líder foi tomada para demonstrar "o desejo ardente e unânime" do partido que o considera seu "líder eterno", de acordo com a agência estatal KCNA.

O palácio era a residência de Kim-il sung, conhecido como "presidente eterno" do país, antes de ser convertido em um mausoléu após sua morte.

Acredita-se que o termo "Estrela Brilhante" seja uma referência aos foguetes construídos pela Coreia do Norte sob o comando de Kim Jong-il, que destinou boa parte do orçamento do país para fins militares. Kim Jong-il foi sucedido por seu filho Kim Jong-un que, acredita-se, tenha pouco menos de 30 anos de idade.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG