Coalizão de governo perde eleição regional na Alemanha

Merkel perde maioria na Câmara Alta do Parlamento; eleição foi vista como teste após aprovação de ajuda financeira à Grécia

BBC Brasil |

Os partidos da coalizão de centro-direita da chanceler alemã, Angela Merkel, perderam as eleições regionais no Estado da Renânia do Norte-Vestfália no domingo. Com esse resultado, Merkel e seus aliados perdem a maioria simples absoluta que tinham no Bundesrat, a Câmara Alta do Parlamento.

O partido de Merkel, a União Democrata Cristã (CDU), conquistou 34,6% dos votos e seu parceiro de coalizão, o liberal-democrata FDP, levou 6,5%. Entre os partidos de oposição, o Partido Social-Democrata obteve 34,5%, o Partido Verde levou 12,1% e o Partido de Esquerda ficou com 5,6% dos votos. Esses três partidos somam 101 cadeiras no Parlamento do Estado, contra 80 dos partidos da coalizão de governo.

Termômetro

O Estado de Renânia do Norte-Vestfália (Nordrhein-Westfalen) é o mais populoso da Alemanha, com 18 milhões de pessoas, e concentra os principais parques industriais do país. A eleição foi tida como um importante teste da popularidade de Merkel e seu governo, após a decisão de aprovar um pacote bilionário de ajuda financeira à Grécia. Muitas cidades do Estado estão em dificuldades financeiras.

O ministro das Relações Exteriores, Guido Westerwelle, que também é líder do FDP, disse que a derrota foi "um alerta para os partidos do governo." "Temos de fazer um esforço para reconquistar a confiança perdida", disse ele.

    Leia tudo sobre: AlemanhaeleiçõesAngela Merkel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG