Cientistas usam tomografia para aprimorar ovelhas na Grã-Bretanha

Fazendeiros pretendem usar as informações para produzir animais mais eficientes

BBC Brasil |

selo

Cientista da Grã-Bretanha estão usando tomografia computadorizada para melhorar a qualidade dos rebanhos de ovelhas do país.

As ovelhas examinadas não estão doentes ou machucadas. Pelo contrário, estão em ótimo estado de saúde, e os cientistas querem mais animais nessas condições.

“O que estamos fazendo aqui é uma seleção, quase como uma seleção natural, só que acelerando esse processo e escolhendo as características mais importantes”, disse Kevin Sinclair, da Universidade de Nottingham.

Segundo ele, isso não é novidade, já que a domesticação de animais de fazenda ocorreu há dez mil anos e desde então a seleção vem ocorrendo.

A diferença agora são as novas tecnologias, que permitem maior precisão.

Mais lã
As imagens obtidas pela tomografia reúnem informações que os fazendeiros podem usar para melhorar todo seu rebanho.

Uma fazenda na Inglaterra já viu aumento de até dois quilos de lã por ovelha, mas o programa de tem objetivos também no campo de sustentabilidade.

“Como fazendeiros, nós temos um dever nesse momento de produzir comida de forma mais eficiente, (produzir) animais que cresçam mais rápido consumindo menos recursos do planeta” disse o fazendeiro Charles Sercombe.

Carneiros produzidos a partir da técnica também estão atingindo valores altos para procriação por causa de seus genes.

Assista ao vídeo :

    Leia tudo sobre: tomografiaovelhas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG