A corrosão dos canos de aço custa milhões de dólares aos produtores de petróleo anualmente

selo

Cientistas chineses dizem ter encontrado uma forma potencialmente barata de proteger o aço contra a corrosão usando substâncias químicas presentes em filtros de cigarro usados.

Em estudo publicado na revista científica Industrial & Engineering Chemistry Research, da American Chemical Society, os pesquisadores disseram que o filtro de cigarro usado produz nove substâncias químicas diferentes - entre elas a nicotina - quando imerso em água.

Quando os extratos foram aplicados em canos de aço comumente usados na indústria do petróleo, verificou-se que as substâncias tinham a propriedade de impedir a corrosão do material, mesmo quando o metal foi submetido a condições extremas.

A corrosão do aço custa a produtores de petróleo milhões de dólares anualmente.

O cientista Jun Zhao e seus colegas descreveram os filtros de cigarro que são jogados fora por fumantes como "o tipo mais onipresente de lixo do mundo".

Zhao e sua equipe citaram estatísticas segundo as quais 4,5 trilhões de filtros de cigarro são descartados no meio ambiente a cada ano.

Estudos mostram que as pontas de cigarro são desagradáveis não apenas aos olhos.

As toxinas que contêm podem matar peixes e prejudicar o ambiente.

A reciclagem dos filtros poderia resolver o problema, mas até agora não se sabia de usos práticos para eles.

Os chineses consomem cerca de um terço de todos os cigarros produzidos no planeta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.