Choques no centro de Barcelona deixam 121 feridos

Manifestantes que protestam contra política de austeridade fiscal desafiaram ordem de se retirar de praça Catalunha

BBC Brasil |

selo

AP
Policiais usam cassetetes para dispersar manifestantes durante confrontos em Barcelona, Espanha
Choques ente manifestantes acampados na praça Catalunha e a polícia deixaram 121 feridos no centro da cidade espanhola de Barcelona nesta sexta-feira, segundo fontes oficiais. O ministro do Interior, Felip Puig, disse que os confrontos feriram 84 manifestantes e 37 policiais, mas não revelou quantas pessoas foram detidas.

A polícia havia dito aos manifestantes que deixassem a praça, para a limpeza do local. Puig disse que a praça deve ser usada como local de celebrações se o Barcelona conquistar o título da Liga dos Campeões da Europa, neste sábado.

Protestos

Há duas semanas, vários manifestantes vêm acampando em praças de cidades espanholas, em protesto contra as medidas de austeridade que aprofundaram o desemprego no país.

O índice de desemprego entre os jovens de 16 e 25 anos de idade é de 45%, quase o dobro da média na União Europeia (21%) e superior aos 36% da Grécia, país que foi obrigado a recorrer a pacotes de ajuda financeira do bloco europeu e do FMI.

Muitos criticam as leis espanholas, que dificultam a contratação de novos funcionários. Quase um terço dos trabalhadores na Espanha têm contratos temporários, o que os torna vulneráveis a oscilações na economia.

    Leia tudo sobre: espanhaprotestosbarcelonacatalunhaausteridade fiscal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG