Casal vende carta de Barack Obama por US$ 7 mil

Documento, vendido por R$ 12 mil, foi escrito a mão por presidente americano, que ressalta um futuro melhor na economia dos EUA

BBC Brasil |

selo

Um casal americano cuja força de vontade perante infortúnios inspirou uma carta do presidente Barack Obama vendeu o documento por US$ 7 mil (o equivalente a R$ 12 mil).

O presidente escreveu a Jennifer Cline dizendo que as “coisas vão continuar melhorando” após ela lhe relatar a perda de seu emprego e a descoberta de que estava com câncer de pele.

Segundo Cline, um vendedor de autógrafos comprou a carta de Obama, escrita à mão.  “Isso nos ajudará durante o inverno”, disse à imprensa local Jason, o marido de Cline.

O comprador, o nova-iorquino Gary Zimet, disse ao jornal Detroit News que pretende revender a carta por US$ 18 mil (cerca de R$ 30,6 mil).

Três páginas

Na carta de três páginas escrita em dezembro de 2009, Cline, moradora da cidade de Monroe (Estado de Michigan, norte do país), disse ao presidente que ele e sua família a inspiraram. Ela então contou como ela perdeu o emprego de técnica farmacêutica e começou o tratamento contra o câncer sem convênio médico.

Funcionários da Casa Branca repassaram a carta a Obama, que respondeu à mão em um papel timbrado.  “Sei que os tempos são duros, mas saber que há pessoas aí fora como você e o seu marido me dá confiança de que as coisas vão continuar melhorando!”, escreveu o presidente.

    Leia tudo sobre: cartaeuabarack obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG