Casal é preso acusado de tentar vender bebê por US$ 25 em mercado

Segundo polícia, casal estaria sob efeito de anfetaminas quando foi preso

BBC Brasil |

selo

A polícia de Salinas, na Califórnia, prendeu um homem acusado de oferecer sua filha de seis meses à venda por US$ 25 (cerca de R$ 45) no estacionamento de um supermercado, informa nesta sexta-feira a mídia americana.

Patrick Fousek, 28, foi abordado pelos policiais quando oferecia a menina a duas mulheres no estacionamento de um Walmart na terça-feira, informou a polícia local. Uma reportagem da TV local KSBW na noite da quinta-feira disse que Fousek abordou duas mulheres pedindo para usar um telefone celular.

O grupo iniciou uma conversa e, poucos minutos depois, o homem ofereceu a sua filha à venda. De acordo com a polícia, as mulheres não souberam a princípio se se tratava de uma brincadeira. Diante da insistência de Fousek, elas decidiram chamar a polícia.

A polícia fez uma busca no apartamento de Fousek e prendeu-o junto com a esposa, Samantha Tomasini, 20. Ambos estavam sob efeito de anfetaminas, segundo a polícia, e foram acusados de tentar abandonar a criança e colá-la em perigo.

Segundo a rede de TV Fox News, Fousek estava em liberdade condicional. Na quinta-feira, um irmão de Fousek disse à KSBW que havia sido o autor da tentativa de vender a criança e que tudo não passava de brincadeira.

O casal continua preso e a criança foi levada para ficar sob os cuidados dos serviços de proteção à infância.

    Leia tudo sobre: Estados UnidosCalifórniacrianças

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG