Canadá prende homem com explosivos antes de reunião do G20

De acordo com a imprensa local, mais de 50 policiais foram envolvidos na operação

BBC Brasil |

Um homem foi detido com explosivos nesta terça-feira em Toronto, no Canadá, em uma operação que a polícia diz ter relação com o encontro de cúpula do G20 marcado para esta semana na cidade canadense.

Em um comunicado, a polícia diz que Byron Sonne, de 37 anos, foi preso em uma casa distante alguns quilômetros do local da reunião do G20.

O encontro de cúpula das 20 maiores economias do mundo ocorre entre a sexta-feira e o sábado. "A investigação está acontecendo como parte dos esforços da polícia de Toronto para garantir um encontro do G20 seguro", disse o comunicado.

De acordo com a imprensa local, mais de 50 policiais foram envolvidos na operação. A polícia diz que executou uma ordem de prisão contra Sonne. Ele foi acusado ainda de intimidação, ameaças contra o sistema judicial e posse de armas perigosas.

A unidade da polícia canadense responsável pela segurança do encontro do G20 disse que "não há risco para a segurança pública", mas não deu mais detalhes sobre a operação.

    Leia tudo sobre: G20Canadá

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG