Caça a cogumelos mata 18 pessoas na Itália

A maior parte das 18 mortes ocorreu com as pessoas despencando de colinas após desequilíbrio; muitos realizam atividade à noite

BBC Brasil |

selo

Pelo menos 18 pessoas morreram nas últimas duas semanas na Itália enquanto colhiam cogumelos nas florestas, segundo o jornal italiano La Repubblica.

O mês de agosto foi muito chuvoso e quente nas regiões montanhosas do norte da Itália, o que beneficiou a safra de cogumelos. Neste ano, centenas de "fungaioli" - como são conhecidas na Itália as pessoas que gostam de colher cogumelos - aventuraram-se nas florestas alpinas, em busca de variedades diferentes dos fungos.

No entanto, as equipes dos serviços de emergência na região alpina da Itália afirmam que muitos "fungaioli" ignoram os procedimentos corretos de buscar cogumelos nas florestas e acabam se acidentando.

"Há muita desatenção. Muitas pessoas não estão nem aí para as regras e infelizmente esse é o resultado", disse ao jornal italiano o chefe do serviço de resgate na região Valle di Fassa, Gino Comelli.

Ele diz que grande parte dos fungaioli sequer usa os sapatos corretos para andar na floresta. Um turista de Veneza ainda está desaparecido. A maior parte das 18 mortes foi provocada por pessoas que perderam o equilíbrio próximo a colinas e caíram.

As equipes de resgate reclamam também que muitas pessoas colhem cogumelos à noite, aumentando ainda mais o risco de acidentes. Colher cogumelos à noite é proibido pelas leis ambientais italianas. Em reportagem no domingo, o La Repubblica chamou a série de incidentes de "massacre dos caçadores de cogumelos".

    Leia tudo sobre: itáliacogumelosmortes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG