Britânica é condenada por atrair jovens para armadilha de estupro

Stephanie Knight levou duaas adolescentes para casa abandonada onde foram abusadas sexualmente por três homens

BBC Brasil |

selo

BBC
Stephanie Knight, em foto sem data divulgada pela polícia
Uma britânica de 19 anos foi condenada por atrair duas adolescentes para que elas fossem estupradas por três homens.

Stephanie Knight disse às meninas de 16 anos que elas iriam sair para boates em Lancashire em dezembro de 2009, mas em vez disso elas foram levadas para uma casa abandonada e sem eletricidade, e submetidas a violentos atos sexuais pelos irmãos Amjad Hussain, 34, e Shahid Hussain, 37, e seu primo Tanveer Butt, 39.

Knight e os três homens foram condenados e receberão a sentença no dia 2 de setembro.

Antes de serem levadas à casa abandonada, as meninas consumiram álcool e drogas na companhia de Knight, que elas haviam conhecido uma semana antes. Knight teria então dito durante uma conversa no telefone celular: "Estou com elas".

Após a chegada na casa abandonada, uma das meninas foi violentada diversas vezes pelos três homens, enquanto a outra era impedida de ajudá-la. Mais tarde, Amjad Hussain, cuja parceira estava prestes a dar à luz na época, estuprou as duas adolescentes e as levou para casa de carro.

Durante o julgamento, no entanto, ele alegou que o sexo com as duas foi consensual, enquanto Knight negou que houvesse qualquer tipo de acordo para que o ataque sexual acontecesse. Os dois outros homens disseram nunca ter encontrado as garotas.

Infância conturbada

Stephanie Knight esteve sob os cuidados dos serviços sociais desde os 11 anos de idade. Ela disse ao tribunal que conheceu Amjad Hussain seis meses antes, quando ele pediu seu telefone na rua.

Eles começaram então a manter um relacionamento sexual e ela disse que se apaixonou por ele. Nos meses seguintes, Hussain a convenceu a também ter relações com seu irmão e seu primo.

Segundo dados mencionados durante o julgamento, Knight estava recebendo apoio na época de uma organização criada para combater a exploração sexual infantil em Blackburn.

Stephanie Knight foi condenada por conspiração para estupro e por ajudar e encorajar estupro, enquanto os três homens foram condenados por estupro. Amjad Hussain e Butt, que é casado e tem quatro filhos, também foram condenados por conspiração para estupro.

    Leia tudo sobre: estuprojustiçagrã-bretanhaabuso sexual

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG