Brasileiro morre atropelado por policial em Moscou

Rússia tem um dos mais altos índices de acidentes de trânsito do mundo

BBC Brasil |

selo

Um brasileiro de 24 anos morreu atropelado por um policial supostamente bêbado em Moscou. O acidente, ocorrido na noite da última quarta-feira, foi confirmado à BBC Brasil pelo Itamaraty. O órgão diz já ter comunicado o ocorrido à família do rapaz, que não teve o nome divulgado. Segundo a agência de notícias Interfax, o incidente ocorreu por volta da 23h30 (horário local) num distrito no noroeste da capital russa. 

A agência afirma que o policial Roman Kemenov, de 29 anos, dirigia bêbado um Audi A em alta velocidade quanto atingiu o jovem brasileiro, que atravessava a faixa de pedestres. O porta-voz da polícia de Moscou Viktor Biyukov disse à agência que a corporação estuda a possibilidade de expulsar Kemenev. O porta-voz afirmou que ainda não foi aberto um processo contra o oficial, mas que a polícia já coletara provas do acidente.

Segundo a Interfax, o jovem brasileiro morreu logo após o choque. Ele estava acompanhado por uma mulher, que não se feriu. Se confirmada a embriaguez do oficial, será a segunda vez no ano que um policial bêbado atropela e mata um pedestre em Moscou.

No acaso anterior, ocorrido em fevereiro, uma mulher de 32 anos foi atingida enquanto caminhava pela calçada. Ela morreu pouco após ser atendida. O caso, inicialmente negado pela polícia de Moscou, acabou por provocar a renúncia de altos oficiais da corporação, segundo a imprensa russa.

    Leia tudo sobre: iGrússiabrasilatropelamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG