Bill Gates quer parceria com Brasil para ajudar a África

Bilionário encontrou chanceler brasileiro, Celso Amorim, com quem debateu experiência brasileira em saúde e agricultura

BBC Brasil |

selo

O bilionário e filantropo americano Bill Gates disse nesta quarta-feira que sua fundação de caridade pode usar a experiência do Brasil em áreas como saúde e agricultura para projetos de ajuda a países pobres, principalmente na África.

A possibilidade de uma parceria do Brasil com a Fundação Bill & Melinda Gates foi discutida em um encontro com o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, em Nova York, onde ocorre a Assembleia Geral das Nações Unidas.

"Discutimos algumas das necessidades dos pobres e algumas das inovações ocorridas no Brasil, tanto em saúde como em agricultura", disse Gates. "Conversamos sobre como nossa fundação pode trabalhar com o Brasil para que essa experiência seja mais útil, principalmente focada em algumas das necessidades na África", afirmou.

Vacinas

Segundo Gates, ainda não há definição sobre quais países receberiam a ajuda.  Ele afirma, no entanto, que quando se trata de vacinas e agricultura, "as maiores necessidades estão na África". Ele disse ainda que projetos desenvolvidos no Brasil, envolvendo doenças como a tuberculose, poderiam influenciar ações em outros países.

Para Amorim, o Brasil tem condições de manter uma boa parceria com a organização de Gates.  "A fundação persegue muitos objetivos que nós perseguimos", disse Amorim, destacando que um objetivo em comum “é a melhoria de vida em países mais pobres”. "Eles percebem no Brasil um parceiro importante. Não tanto pelos recursos, mas sobretudo pela capacidade técnica que nós desenvolvemos, tanto na Embrapa, quanto na Fiocruz, no Instituto Butantã", afirmou o ministro.

O chanceler brasileiro acredita também que o Brasil pode contribuir não apenas com tecnologia, mas também com experiências que deram certo aqui. "Como, por exemplo, no caso da vacinação, em que o Brasil desenvolveu campanhas de vacinação em massa", lembrou o ministro.

    Leia tudo sobre: bill gatesparceriabrasilcelso amorim

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG