Big Ben está inclinado e pode ficar instável no futuro, diz relatório

Inclinação de 0,26 graus causa, no ponto mais alto da torre, desalinhamento de um metro; ela poderá ficar instável daqui milhares de anos

BBC Brasil |

selo

A torre do Big Ben, em Londres, está se inclinando para um lado e poderá ficar instável no futuro, segundo um relatório encomendado pela Transport for London, empresa de transportes londrina. Segundo o estudo, a torre apresenta uma inclinação de 0,26 graus para a direção noroeste, o que, no ponto mais alto da torre, causa um desalinhamento de um metro.

Getty Images
Torre do Big Ben, no Parlamento britânico, é vista em Londres em 10 de março de 2010
Por comparação, a inclinação da Torre de Pisa, na Itália, atualmente está em torno dos 5,5 graus. A torre que abriga o relógio e o sino conhecido como Big Ben poderá ficar instável dentro de alguns milhares de anos, de acordo com o documento.

A inclinação foi descoberta quando a Transport for London encomendou o relatório para os trabalhos de expansão da linha Jubilee do metrô, que passa embaixo do prédio do Parlamento britânico, área onde fica o Big Ben. Não há provas de que as obras do metrô tenham causado a inclinação.

"Estamos monitorando desde 1999, então temos dados muito bons", disse à BBC Mike McCann, que faz a manutenção do relógio. "Nosso especialista acredita que serão necessários entre quatro e dez mil anos antes que isto (a inclinação) se transforme em um problema", acrescentou. "Por enquanto, ainda não é importante, mas precisamos ficar de olho."

Os especialistas ainda não sabem qual é a causa da inclinação, mas uma teoria é que a argila sobre a qual a torre foi construída está secando. "Não há prova real da causa (da inclinação). Mas (a torre) foi construída sobre a argila de Londres e (ela) pode secar e causar a movimentação", disse McCann.

    Leia tudo sobre: londresreino unidobig beninclinaçãotorre de pisa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG