Autoridades russas frustram sequestro de avião em Moscou

Agência russa afirma que suspeito teria "dado ordens aos tripulantes" do avião, que ficou estacionado no aeroporto

BBC Brasil |

selo

Autoridades russas teriam conseguido frustrar, nesta quinta-feira, uma tentativa de sequestro de um avião no aeroporto de Domodedovo, em Moscou.

De acordo com a agência de notícias estatal russa RIA-Novosti, o incidente teria ocorrido após um passageiro ter ameaçado a tripulação e outros ocupantes de um voo que vinha da cidade de Mineralnye Vody, na região do Cáucaso.

Citando fonte da assessoria de imprensa do aeroporto, a agência russa afirma que o suspeito teria "dado ordens aos tripulantes" do avião, que ficou estacionado em um ponto distante do aeroporto.

O suspeito teria mantido os passageiros e os tripulantes do avião como reféns por cerca de duas horas, antes de a aeronave finalmente ter sido liberada pela FSB, agência de segurança interna da Rússia.

Outra agência estatal russa, Itar-Tass, afirma que fontes do Ministério do Interior da Rússia informaram que nenhum dos passageiros teria ficado ferido durante o incidente. Durante o cerco, um dos passageiros teria passado mal, e o suspeito teria permitido a entrada de médicos na aeronave.

"Depois de negociações e ameaças, ele (o suspeito) foi detido e levado às autoridades", disse uma representante da polícia russa. Ainda não há maiores detalhes sobre os motivos que levaram o suspeito a sequestrar o avião.

    Leia tudo sobre: Rússiasequestro de avião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG