Ataque israelense mata 4 e fere outros 13 palestinos em Gaza

Ação é uma das mais pesadas desde a grande ofensiva militar israelense entre dezembro de 2008 e janeiro de 2009

BBC Brasil |

selo

AP
Parentes de palestinos levam um dos mortos depois de ataque de Israel na Faixa de Gaza
Funcionários da área médica da Faixa de Gaza informaram que quatro palestinos morreram e outros 13 ficaram feridos por disparos de artilharia de tanques israelenses. Ao menos dois dos mortos eram crianças e pertenciam a uma mesma família, dizem testemunhas.

Aeronaves israelenses atacaram a Faixa de Gaza na noite de segunda-feira e na manhã desta terça, em resposta a disparos de morteiros e foguetes contra Israel.

De acordo com o correspondente da BBC na Cidade de Gaza Jon Donnison, os aviões de guerra israelenses podiam ser ouvidos por mais de uma hora na região.

Na noite de segunda-feira foram divulgadas informações de até nove explosões na Cidade de Gaza e no norte e sul do território. Testemunhas afirmaram que campos de treinamento operados pelo Hamas, o grupo militante islâmico que controla Gaza, foram atingidos, além de uma oficina e uma fábrica de cimento.

Feridos
De acordo com autoridades médicas locais, entre os feridos nos ataques de segunda-feira estavam sete crianças.

Muitos prédios que pertenciam ao Hamas foram esvaziados antes dos ataques, segundo Jon Donnison.

Ataques aéreos são comuns na Faixa de Gaza, mas esse parece ser um dos mais pesados desde a grande ofensiva militar israelense, entre dezembro de 2008 e janeiro de 2009, segundo o correspondente da BBC. Durante a ofensiva militar israelense mais de 1,3 mil palestinos e 13 israelenses morreram.

    Leia tudo sobre: oriente médioisraelpalestinosfaixa de gaza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG