Ataque aéreo dos EUA no norte do Paquistão deixa sete mortos

Alvo seria acampamento de grupo militante afegão que ataca regularmente tropas e comboios da Otan no Afeganistão

BBC Brasil |

selo

Ao menos sete pessoas morreram neste domingo em um ataque aéreo no noroeste do Paquistão, segundo autoridades locais. Uma aeronave americana não-tripulada disparou quatro mísseis em uma área no Waziristão do Norte, destruindo dois carros.

O ataque aéreo deste domingo teria como alvo um acampamento de refugiados afegãos, supostamente dominado por um grupo militante que ataca regularmente tropas da Otan no Afeganistão.

Segundo a agência de notícias Associated Press, minutos após o ataque ao campo, outro míssil teria matado duas pessoas perto de um rio na mesma região.

Al-Qaeda

O Exército dos Estados Unidos vem intensificando nas últimas semanas seus ataques aéreos contra alvos de militantes em áreas tribais na fronteira do Paquistão com o Afeganistão.

Os ataques teriam o objetivo de prejudicar um suposto plano da rede Al-Qaeda para promover atentados em cidades europeias.

As incursões da Otan e dos Estados Unidos no território paquistanês vêm provocando uma revolta na opinião pública do país e levaram o governo do Paquistão a fechar parcialmente a fronteira com o Afeganistão em protesto contra a morte de dois de seus soldados em um dos ataques.

O fechamento da fronteira levou o Talibã no Paquistão a promover uma série de ataques contra caminhões-tanque da Otan que aguardavam a autorização para passar ao Afeganistão.

O governo do Paquistão anunciou no sábado a reabertura da fronteira após receber desculpas formais dos Estados Unidos pela morte dos dois soldados. A fronteira foi reaberta neste domingo.

    Leia tudo sobre: otanpaquistãocomboiotalibãinsurgentes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG