Aos 70, britânico se torna o mais velho a atravessar Canal da Mancha a nado

Roger Allsopp nadou 34 quilômetros entre Dover, no Reino Unidos, e Cap Gris-Nez, na França, em 17 horas e 51 minutos

BBC Brasil |

selo

Um cirurgião aposentado britânico se tornou o homem mais velho do mundo a cruzar o Canal da Mancha a nado, ao completar a travessia na madrugada desta quarta-feira aos 70 anos e quatro meses.

AP
Roger Allsopp, 70 anos, durante treinamento em Dover, Inglaterra (24/08)

Roger Allsopp, nadou os 34 quilômetros entre Dover, na Grã-Bretanha, a Cap Gris-Nez, na costa noroeste da França, em 17 horas e 51 minutos.

Com seu feito, ele superou o recordista anterior, George Brunstad, tio do ator Matt Damon, que havia completado a mesma travessia poucos dias após completar 70 anos, em agosto de 2004.

"Eu sinto uma imensa sensação de realização e de alívio por ter tido sucesso", afirmou Allsopp após chegar à França.

'Desafio pessoal'

Ele também descreveu seu feito como "um incrível desafio pessoal". "Nunca fui de sentar sobre meus louros. A aposentadoria tem sido maravilhosa, mas eu sei o quanto é importante manter a atividade na mente e no corpo para viver uma aposentadoria saudável, então estabeleci para mim alguns desafios físicos para garantir que eu me mantenha o mais em forma e saudável possível", disse.

Entre os desafios pessoais já cumpridos, ele correu a maratona de Londres aos 60 anos e cruzou pela primeira vez o Canal da Mancha aos 65, em 2006.

O recorde de Allsopp foi atingido 136 anos depois de o britânico Matthew Webb se tornar a primeira pessoa a atravessar o canal a nado, em 21 horas e 45 minutos.

    Leia tudo sobre: canal da mancharecordereino unido

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG