Americano é indiciado por atentado frustrado em NY

Um cidadão americano de origem paquistanesa foi indiciado, nesta terça-feira, pelo envolvimento em um atentado frustrado com um carro-bomba em Times Square, em Nova York, no último sábado. Faisal Shazad, de 30 anos, era o principal suspeito no caso e enfrenta cinco acusações, entre elas a de tentar explodir uma arma de destruição em massa e praticar terrorismo.

BBC Brasil |

Ele foi preso na segunda-feira quando tentava embarcar para Dubai. O acusado foi interrogado e teria admitido comprar um veículo, equipar o automóvel com uma bomba caseira e dirigir o carro até Times Square - um dos locais com maior concentração de turistas em Nova York - na noite de sábado. Os investigadores americanos revelaram ainda que Shazad disse que agiu sozinho e que não tem qualquer associação a grupos militantes estrangeiros. Mas relatos vindos do Paquistão indicam que polícia prendeu dois suspeitos de envolvimento no atentado frustrado. As detenções foram feitas em Karachi e baseadas em ligações telefônicas que relacionavam os suspeitos com Shazad. As autoridades americanas afirmam ainda que ele teria participado de um treinamento para produção de bombas em um acampamento no Paquistão. 'Intimidação' Shazad teria se naturalizado americano no ano passado e voltado recentemente de uma viagem de cinco meses ao Paquistão. O governo paquistanês teria oferecido total cooperação aos Estados Unidos. O FBI, a polícia federal americana, confirmou ter revistado nesta terça-feira a casa de Faisal em Bridgeport, cidade do Estado de Connecticut. Vários sacos lotados com material coletado foram retirados do local. Ainda nesta terça-feira, o presidente americano, Barack Obama, afirmou que o atentado frustrado é um "lembrete preocupante dos tempos em que vivemos", mas afirmou que os Estados Unidos não serão intimidados.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG