Americano declarado morto há 16 anos é detido por sequestro

Thomas Lee Sanders foi preso no Mississipi após uma caçada humana

BBC Brasil |

selo

Um americano declarado morto há 16 anos foi detido por suposto envolvimento no sequestro de uma garota cujo corpo foi encontrado no Estado da Louisiana. Um porta-voz do FBI afirma que Thomas Steven Sanders, 53 anos, foi detido no último domingo na cidade de Gulfport, no Mississipi, depois de uma longa caçada humana. Sanders é suspeito do sequestro da jovem Lexis Roberts, 12 anos, de Las Vegas, cujo corpo foi encontrado em outubro deste ano.

A polícia também está pressionando o homem por informações sobre a mãe da garota, Suellen Roberts, 31 anos, que está desaparecida. As autoridades descartam Suellen como suspeita na morte da filha. Sanders abandonou sua família em 1987 e foi declarado morto por um tribunal do Mississipi em 1994, de acordo com documentos da corte.

"No entanto, nós agora sabemos que ele ainda está vivo e tem vínculos em diferentes Estados do país", afirmou o FBI em um comunicado. Segundo as autoridades, no período em que foi considerado morto, Sanders trabalhou como operário, soldador e catador de metais, tendo vivido nos Estados americanos de Mississipi, Louisiana, Tennessee, Georgia e Nevada.

    Leia tudo sobre: internacional

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG