Depois que os agentes funerários encontraram sinais de vida no homem, a equipe da ambulância foi chamada no local

selo

Um homem dado como morto por paramédicos no sudoeste da Inglaterra foi encontrado respirando por agentes funerários, revelaram os arquivos dos serviços de ambulância da região.

O caso, ocorrido em 2008, foi um dos mais de 60 incidentes sérios (SUI, na sigla em inglês) registrados pelo Serviço de Ambulância do Sudoeste da Inglaterra entre 2007 e 2009. Depois que os agentes funerários encontraram sinais de vida no homem, a equipe da ambulância retornou para tratar o paciente.

Segundo o serviço de ambulância, incidentes como este são uma pequena proporção dos casos. Os paramédicos foram chamados para a casa do paciente pela polícia, que foi lá investigar a informação de que o homem estava desaparecido há vários dias.

Os paramédicos não encontraram pulso ou sinais de respiração e deixaram o local. A polícia chamou os agentes funerários, que, ao mover o paciente, perceberam que ele estava respirando. A ambulância foi chamada de volta.

Os paramédicos da Inglaterra não podem certificar o óbito, mas podem optar por não prestar atendimento, por considerar que o paciente esteja morto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.