Tamanho do texto

Ex-jogador de futebol americano teve um dos julgamentos mais midiático da história dos Estados Unidos, em 1995

BBC

Julgamento de OJ Simpson foi um dos mais midiáticos da história dos EUA
AP
Julgamento de OJ Simpson foi um dos mais midiáticos da história dos EUA

A polícia de Los Angeles anuncia nesta sexta-feira (4) que faz testes em uma faca que teria sido encontrada em uma casa onde morou o ex-jogador de futebol americano O.J. Simpson, absolvido de assassinato num julgamento que parou os Estados Unidos, em 1995. O.J. Simpson foi acusado de matar sua ex-mulher e um amigo dela em junho de 1994. Após um longo, dramático e televisionado julgamento, porém, o júri declarou que ele não era culpado.

Anos atrás, uma pessoa que dizia ser um operário de construção entregou a faca a um policial à paisana, que teria guardado o objeto por pensar que se tratava de um caso que já estava encerrado. A polícia recuperou a arma recentemente e está fazendo análises em busca de DNA e amostras de cabelo.

Durante uma entrevista coletiva, porém, os policiais colocaram em dúvida a conexão da faca com o caso O.J. Simpson. Eles afirmaram que poderia se tratar, por exemplo, de uma arma adulterada. “Se essa história é verdadeira, é sabido que, independente do momento em que você entra em contato com uma evidência de um crime, deve submetê-la aos investigadores”, afirmou o agente Andrew Neiman, porta-voz da polícia de Los Angeles.“Eu não sei por que isso não aconteceu.”

Nicole Brown e Ronald Goldman foram encontrados esfaqueados
AP
Nicole Brown e Ronald Goldman foram encontrados esfaqueados

Citando fontes policiais, a rede americana NBC afirmou tratar-se de uma faca para uso doméstico – e que, por isso, não confere com a arma usada no crime. O.J. Simpson, que agora cumpre uma sentença de 33 anos de prisão por assalto à mão armada e sequestro em Las Vegas, não pode ser processado novamente pelo mesmo caso, segundo a legislação americana sobre assassinatos. A ex-mulher dele, Nicole Brown, e o amigo dela Ronald Goldman foram encontrados no jardim da casa onde ela vivia. Seus corpos apresentavam golpes de faca na cabeça e na nuca.

Faca teria sido encontrada em casa demolida em 1998
À época, autoridades pediram que o ex-atleta se entregasse, mas ele não compareceu ao posto policial. Horas depois, foi flagrado dentro de um carro branco, dando início a uma perseguição pelas vias de Los Angeles, televisionada ao vivo para milhões de pessoas.

Multidões também assistiram nas ruas à passagem dos veículos pela cidade, enquanto helicópteros dos canais de TV acompanhavam o trajeto. Ele acabou se rendendo uma hora e meia depois. OJ Simpson contratou um supertime de caríssimos advogados, como Johnnie Cochran e Robert Kardashian, para cuidar de sua defesa.

O julgamento, que durou dez meses, provocou um frenesi midiático. Redes de TV atingiram altos índices de audiência transmitindo os procedimentos do júri e incontáveis capas de revista foram dedicadas ao caso. O ex-atleta perdeu depois um processo no qual era acusado de homicídio culposo pelas famílias das vítimas. Sua casa, onde a faca teria sido encontrada, foi demolida em 1998. O caso voltou à tona recentemente com o lançamento da minissérie American Crime Story: The People v O.J. Simpson .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.