Entre os 1.300 resgatados estaria uma nigeriana que deu à luz a bordo de um dos navios italianos no dia 25

BBC

Imigrantes africanos resgatados na costa da Sicília pela Marinha italiana
Reprodução
Imigrantes africanos resgatados na costa da Sicília pela Marinha italiana


Além dos 1.300 imigrantes que a Marinha italiana informou ter resgatado com vida no mar, cinco pessoas também teriam sido encontradas mortas na região. A maioria dos imigrantes estava em barcos à deriva nas proximidades da costa da Sicília.

Segundo o Ministério do Interior da Itália, nos últimos anos aumentou consideravelmente o número de pessoas que tentam cruzar o Mar Mediterrâneo saindo do Norte da África para entrar ilegalmente na Itália.

Cerca de 170.000 imigrantes teriam conseguido chegar à costa italiana este ano, de acordo com a agência de refugiados das Nações Unidas - quase três vezes mais que no ano passado.

Dados da ONU também registram que três mil pessoas teriam morrido tentando fazer a travessia da África para a Europa em 2014.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.