Policiais britânicos acompanharão novo interrogatório no caso Madeleine

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Todos os oito suspeitos têm nacionalidade portuguesa, mas alguns deles nasceram na Rússia. Menina desapareceu em 2007

BBC

Diversos suspeitos ligados ao desaparecimento da garota britânica Madeleine McCann prestarão depoimento à polícia portuguesa a partir desta terça-feira, segundo informaram fontes à BBC.

Março: Polícia britânica investiga suposto agressor sexual em caso de Madeleine McCann

Abdeljalil Bounhar/AP Photo
Mãe segura cartaz com foto de Madeleine (arquivo)

Outubro: Portugal ordena reabertura de investigação do caso Madeleine

Policiais britânicos estarão presentes durante os interrogatórios, mas apenas policiais portugueses poderão fazer perguntas.

Madeleine tinha três anos quando desapareceu do hotel em que estava hospedada com a família na Praia da Luz, na região do Algarve, em 2007.

A primeira pessoa irá depor na terça-feira em uma delegacia na região do Algarve. Os outros suspeitos serão ouvidos ao longo dos próximos dias.

Scotland Yard: Polícia britânica tem nova pista no sumiço da menina Madeleine

Não está claro quantas pessoas exatamente serão ouvidas, mas, segundo informações obtidas pela BBC há duas semanas, até oito pessoas serão interrogadas. Todos os suspeitos têm nacionalidade portuguesa, embora alguns deles tenham nascido na Rússia.

Novas buscas

No início de junho, policiais portugueses e britânicos fizeram buscas em três locais na Praia da Luz, mas não encontraram provas ligadas ao caso. Na época, a Scotland Yard afirmou que essa seria a primeira fase de uma grande investigação. As buscas foram as mais intensas desde que Madeleine desapareceu, há sete anos.

Os pais de Madeleine estavam em um restaurante no próprio resort quando a garota, que estava no quarto, desapareceu.

Em outubro, a polícia de Portugal anunciou a reabertura das investigações, após o surgimento de novos indícios que não foram revelados ao público.

A Scotland Yard já havia dado início a uma revisão do caso em 2011, e uma reabertura formal das investigações foi anunciada em julho de 2013.

Em maio, a mãe de Madeleine, Kate McCann, declarou que volta à Praia da Luz uma ou duas vezes por ano para "andar por aquelas ruas e procurar por respostas".

O quarto de Madeleine, segundo os pais, foi mantido exatamente como estava quando a menina desapareceu. "Ela talvez queira mudá-lo um pouco agora que está mais velha", disse Kate.

Leia tudo sobre: madeleine mccannmadeleinecaso madeleineportugalreino unido

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas