Estão na casa de empregados 70 pessoas que fugiram da região leste do país e aguardam decisão jurídica sobre sua situação

BBC

A residência oficial do presidente da Ucrânia se transformou em abrigo para os refugiados que fogem dos confrontos no leste do país ou da região da Crimeia, anexada pela Rússia .

Após fim do cessar-fogo, forças da Ucrânia atacam posições de rebeldes

Ex-mansão presidencial na Ucrânia hoje abriga refugiados
BBC
Ex-mansão presidencial na Ucrânia hoje abriga refugiados

Quatro meses depois da derrubada de Viktor Yanukovych e de sua fuga do país, o local abriga 70 refugiados. Eles ficam na casa dos empregados enquanto aguardam o governo definir sua situação jurídica.

O resto da mansão é aberta à visitação pública. O dinheiro arrecadado com a venda de entradas ajuda a manter os refugiados no local. Assista ao vídeo clicando neste link .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.