Polícia australiana mata crocodilos em busca por menino desaparecido

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Criança foi atacada no domingo; dois répteis foram abatidos, mas 'nada foi encontrado em seus estômagos'

BBC

AP
Crocodilos-de-água-salgada são comuns no norte da Austrália

A polícia australiana matou dois crocodilos na esperança de encontrar um menino de 12 anos atacado no domingo.

Conheça a home do Último Segundo

O garoto teria sido atacado e engolido por um crocodilo-de-água-salgada enquanto nadava com amigos em um açude no Parque Nacional de Kakadu, no Estado do Território do Norte.

Os atiradores disseram que nenhum dos crocodilos abatidos - um medindo 4,3 metros e o outro 4,7 metros - parecem ter sido o autor do ataque. Eles acrescentaram que as buscas continuam.

Vídeo: Homem escapa de crocodilo de 4 metros na Austrália

"Examinamos os répteis, nenhum dos dois tinha nada em seus estômagos", informou o sargento Stephen Constable.

Autoridades afirmam que os visitantes do parque são alertados para o perigo de nadar em poços do local por causa do risco de ataques de crocodilos.

Crocodilos-de-água-salgada podem atingir até 7 metros de comprimento e pesar mais de uma tonelada. Os répteis são comuns no norte da Austrália.

Em agosto, um homem foi morto por um crocodilo em um rio no norte do país durante uma festa de aniversário.

Leia tudo sobre: crocodiloaustrália

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas