Onda de calor extremo na Austrália desata alerta e temor de incêndios

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Temperatura superam 40°C no sudeste do país. Raios causaram mais de 250 incêndios no Estado de Vitória

BBC

Uma forte onda de calor vem atingindo o sudeste da Austrália, onde as temperaturas atingem mais de 40°C em algumas áreas. Segundo autoridades, relâmpagos foram responsáveis por mais de 250 incêndios na terça-feira à noite no Estado de Vitória.

Conheça a home do Último Segundo

Em Melbourne, onde acontece o Aberto da Austrália de tênis, um jogador e um catador de bola desmaiaram com o calor. A temperatura na cidade permaneceu acima de 30ºC por boa parte da noite de terça-feira.

Assista ao vídeo:

O porta-voz dos bombeiros, Euan Ferguson, disse que "as temperaturas extremas em Vitória nos últimos três dias serão um teste para os bombeiros e para a comunidade". "É muito importante diminuir o risco de outros incêndios antes de sexta-feira", afirmou.

2013: Onda de calor faz Austrália adotar mais cores na escala de temperatura

Os bombeiros conseguiram conter a maioria dos incêndios no Estado, mas alguns continuam fora de controle. Em 2009, incêndios em Vitória deixaram 173 mortos e destruíram 2 mil casas.

Desmaios e falta de luz

Na cidade de Adelaide, a temperatura atingiu 45,1ºC. Mais de 14 mil propriedades acabaram ficando sem luz por causa de um apagão motivado pelo calor. Na Tasmânia, houve relatos de uma estrada que derreteu com o calor.

No Aberto da Austrália de tênis, em Melbourne, o tenista canadense Frank Dancevic desmaiou durante uma partida. Ele disse aos jornalistas que o calor o deixou "tonto" e com alucinações.

AP
Crianças usam fonte para se refrescar em clima quente no distrito de negócios no centro de Sidney, Austrália

A chinesa Peng Shuai disse que a alta temperatura fez com que ela vomitasse durante a partida. Um menino que apanhava bolas também desmaiou durante outro jogo.

Tim Wood, diretor médico do torneio, admitiu que "alguns jogadores apresentaram problemas relacionados ao calor". "Mas não houve nenhum jogador que precisou de intervenção médica significativa depois de ter completado um jogo", disse.

Os incêndios no oeste da Austrália destruíram mais de 50 casas no início desta semana, segundo o correspondente da BBC em Sydney, Jon Donnison.

Donnison disse ainda que novas questões sobre o impacto das mudanças climáticas foram levantadas depois que o ano de 2013 foi o mais quente já registrado na Austrália.

Leia tudo sobre: austráliaonda de calor

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas